Guarda-marinho

http://imageshack.com/a/img15/6253/my1k.jpg 

Nome científico
Amandava subflava

Origem
África

Área de distribuição
África Tropical, ao sul do deserto do Saara, com exceção da floresta equatorial e regiões extremamente áridas. Também encontrado no sudoeste da Arábia Saudita.

 http://imageshack.com/a/img703/3245/k4la.jpg

Habitat 
Habita em pântanos, á beira de riachos e lagos, onde juncos e áreas gramadas molhadas abundam. Espaços em aberto, áreas secas.

Alimentação
É uma ave essencialmente granívora, mas, durante a criação é necessário ter diariamente bichos da farinha ou pequenos insectos á sua disposição.

Hábitos
Os guarda-marinhos vivem juntos em pequenos grupos fora do período de criação. Eles alimentam-se principalmente no chão, comem sementes de grama, pequenos invertebrados e diversos tipos de grama, eles podem gastar uma boa quantidade de tempo no chão, mesmo quando não se estão a alimentar. Os guarda-marinhos tendem a pousar bastante perto do chão em juncos, arbustos baixos. Durante o período de acasalamento, os machos tendem a lutar.
Machos da subespécie do norte constroem ninhos entre hastes de grama, juncos, ou pequenos arbustos, utilizam ervas finas para formar um ninho arredondado com uma entrada lateral tubular. A subespécie do sul prefere assumir os ninhos abandonados de cúpula de outras espécies, que podem, em seguida, construir um ninho dentro ou simplesmente enfeitar a instalação com um novo forro. Machos e fêmeas das duas subespécies arranjam os ninhos com penas.

Reprodução
Estas aves fazem uso de amplas oportunidades de esconderijos, especialmente durante a reprodução. Portanto, um bom aviário ou bastante espaçoso e bem plantado é o preferido. Os pares podem ser criados individualmente ou num aviário misto. Tipos de ninhos para fornecer incluem: ninhos dos canários , ninhos de estilo tubo, e/ou fechados ou caixas-ninho semi-abertas. Qualquer tipo ninho fornecido deve ser escondido numa densa cobertura. As aves também pode optar por construir seus próprios ninhos em arbustos grossos ou fazer uso de ninhos abandonados de outras espécies se disponíveis. Devem ser fornecidos os seguintes materiais de nidificação: fibra de coco, capim fino, feno, fibra, e as penas pálidas ou brancas. Fornecer sementes de grama, germinado, ovo, papa de ovo ou opções insectívoras, como tenebrio molitor e ovos de formiga secas para reprodução de aves. Absolutamente nenhuma verificação de ninho deve ser realizada uma vez que estas aves assustam-se facilmente.
Podem pôr entre 3 a 6 ovos que vão ser incubados por ambos durante 11 a 12 dias, os filhotes são alimentados com pequenos insetos como pupas e larvas de farinha formiga no início, em seguida, sementes verdes à medida que crescem. Os juvenis irão sair do ninho com aproximadamente 18 a 21 dias de idade.

Distinção do sexo

Depois de adultos, o que acontece aproximadamente ao ano de idade, ou após a primeira muda, o macho tem o ventre de cor alaranjada mais intensiva que a fêmea.

http://imageshack.com/a/img560/6195/nefr.jpg

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...